Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho 12, 2005
Eugénio de Andrade:
(1923 - 2005)






"(...)


Não temos já nada para dar.
Dentro de ti
não há nada que me peça água.
O passado é inútil como um trapo.
E já te disse: as palavras estão gastas.

Adeus."